Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LadyBird's Place

LadyBird's Place

Seg | 17.09.18

Dicas a reter para o futuro quando viajar de avião

Joana

A última vez que andei foi em Dezembro 2013 com a minha prima pela Easyjet para Paris.

Só tivémos problemas à volta por causa das malas, cada uma tinha uma de viagem e uma mala de senhora. Na volta vinhamos de malas cheias e eu já trazia coisas da minha prima e qual não foi o nosso espanto quando a francesa, já depois do check-in, não nos deixa embarcar por causa das duas malas... E sempre a falar em francês, nunca o inglês... Nesta situação insultei-a em português e com muito calão! Resultou, no fim lá embarcamos com as 4 malas e não pagamos mais por isso.

 

Desta vez, para as Açores e pela Ryanair a coisa foi pior. Para começar, a viagem foi oferta e estaria tudo tratado... Estaria é aqui a palavra chave! Chegados ao aeroporto de Lisboa logo no check-in pedem-nos 110€ porque o check-in não foi feito online! Eu cá não fazia a minima ideia de que era preciso até porque foi tudo adquirido por uma agência logo para mim estava tudo tratado. Pagámos sem insistir muito porque as 6h da manhã o que não queremos são problemas. Não nos verificaram dimensões de malas nem pesos nem nada que se lhe pareça. Na fila de embarque lá nos meteram a fita amarela e a mala acabou no porão! 

Para esclarecer, levámos uma mala pequena expansível para dois.

Na volta, bom na volta escrevi no livro de reclamações! Entregámos o carro e soubemos que o voo estava duas horas atrasado o que para nós não foi problema porque fomos ver aviões a aterrar. Quando o check-in abriu fomos fazer o check-in e mal o moço nos tinha cumprimentado e já nos estava a pedir 50€ pela bagagem... Para a poder levar! Não percebi! Fiquei WTF?! A mala estava exatamente igual à mala em Lisboa. Ou seja, já tinha a altura extra do parte que dá para expandir e em Lisboa não nos foi dito nada das dimensões. Levámos com o mesmo disurso quer do moço de groung quer do chefe de operações da companhia: "Só oferecemos o transporte de malas com dimensões x-y-z", "Não podemos comentar as regras aplicadas pelos colegas em Lisboa mas aqui as regras são estas"... Fiquei incrédulo porque a mesma companhia alegou regras diferentes em diferentes aeroportos dentro do mesmo país... Não insisti muito e pedi o livro de reclamações porque em Lisboa isto não aconteceu nem tão pouco nos alertaram. Que caso o tivessem feito teriamos comprado uma mala no chinês na ilha e o assunto estava arrumado... Portanto, para a minha mala pequena de duas pessoas vir paguei 50€ e escrevi no livro a exigir resposta. O pior foi quando chegámos à porta de embarque e vemos malas maiores que a nossa com a fita amarela para irem para o porão... Fiquei aziada mas com as duas horas de atraso e um casamento no dia a seguir só queria mesmo chegar a casa.

 

Entretanto em casa fomos ver malas com as dimensões da Ryanair e não encontrei e portanto tomámos a decisão de evitar Ryanair a todo o custo no futuro.

Também penso que na Terceira foram mais exigentes com a mala porque vá não devem ter assim o volume de trabalho que Lisboa tem o que lhes dá tempo de fazer estas coisas... Enfim!

 

Portanto, coisas a reter:

  1. Confirmar junto da agência se têm de fazer o check-in ou se eles asseguram que o fazem
  2. Confirmar o nr de malas por passageiro
  3. Confirmar as dimensões da mala para a qual a companhia oferece o transporte da bagagem.

If it fits, it flies

 

À parte disto até que foi a companhia em que o vôo foi mais suave...

See ya 🐞

4 comentários

  • Perfil Facebook

    David Duarte Ferreira

    18.09.18

    Pois claro que é uma vergonha tanta falta de experiência. A senhora até anda de avião todos os dias e devia saber na integra as regras de uma companhia tão desprezível como aquela. Vai tomar o pequeno-almoço a Paris, o almoço a Tóquio e o jantar às "Seixales". Lamentamos não ter a sua sapiência do comentador tão experiente e conhecedor.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo

    18.09.18

    Pois claro...por isso é que, embora todas as vantagens que se costuma dar ao que vem de fora (evidente que os preços aqui contam muito...mas, depois de feitas todas as contas de somar, talvez até fique mais caro)...eu, continuo a preferir a nossa TAP. Não é assim tão mau como pintam e tem uma coisa que continuo também a preferir...as regras de segurança (embora também não me custe a reconhecer que já tudo foi melhor e por vezes também tem falhas graves | mas falha menos vezes e cumpre mais vezes). Claro que esta é a minha opinião e respeito sempre a opinião de toda a gente. Podem não concordar comigo, mas pelo menos é o que penso (como respeito os outros, acredito que também me respeitarão na minha opinião)
    JOÃO SANTOS
  • Perfil Facebook

    Nuno Dias

    18.09.18

    Não se trata de opiniões, há factos e estatísticas: a TAP tem cancelado voos como nenhuma companhia na europa, para prejuízo de muitos.
    A Ryanair é odiada por muitos mas permanece a companhia mais pontual, mas assídua e com a frota mais jovem da europa.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.